Maria Ivone Vairinho e Poetas Amigos

Abril 30 2010
Olá amigos especiais
 
Apesar da lamentável situação a que os responsáveis deixaram chegar Portugal,
a nossa  PÁTRIA continua a ser DITOSA para os seus filhos que a amam e respeitam ,
não obstante o momento difícil que a ameaça.
Que fizeram a esse orgulho da fama e glória de que fala o nosso poema?...
Veja e ouça o poema DITOSA PÁTRIA  em poema da semana ou aqui neste link:
 
http://www.euclidescavaco.com/Recitas/Ditosa_Patria/index.htm
 
Euclides Cavaco
cavaco@sympatico.ca
 
Venha tomar comigo um cálice de poesia...
Entre por aqui na minha sala de visitas:
www.ecosdapoesia.com
 
 
 
 
publicado por appoetas às 23:51

Abril 30 2010
E DEPOIS DO AMANHÃ?
 
OS POETAS GLÓRIA MARREIROS E TITO OLÍVIO (PORTUGAL) GOSTARIAM QUE LESSEM O SEU NOVO EBOOK (FEITO EM CONJUNTO). É LIVRO DE SONETOS DE ESTILO CLÁSSICO, PRIMOROSAMENTE FORMATADO E ILUSTRADO PELA WEBMASTER BRASILEIRA IARA MELO.
DOIS ASSOCIADOS DA APP E DOIS GRANDES POETAS
 
(colocado por Maria Ivone Vairinho)
publicado por appoetas às 18:33

Abril 30 2010

Vou traçando a ocres e vermelhos

Este poema oval que me fascina

E engano os meus anseios de menina

Nesta ressurreição de cacos velhos...

 

 

Desminto a evidência dos espelhos!

Deste enlevo renasço, pequenina,

Crescem-me asas de confecção divina

E fico invulnerável a conselhos...

 

 

E moldo, pinto, crio a obra-prima

Que vou solicitando aos meus sentidos

Sem nunca me sentir arrependida...

 

 

E, a cada momento, o que me anima

É esta profusão de coloridos

E esta sensação de criar vida!

 

 

 

Maria João Brito de Sousa

publicado por Maria João Brito de Sousa às 11:31

Abril 28 2010

 Dedicado ao Dr. Miguel Ferreira

 Ver imagem em tamanho real

 

 

 

 

 

 

 

 

 

imagem tirada da net

 

Voando… para a reforma

 

No velcro da despedida agarrou-se uma saudade

sente-se a dor da partida e inquina-se a vontade

 

Pensar na libertação da rotina e do fastio

onde numa vida a fio foi carrasca a obrigação

 

mas passos habituados fazem sem querer o caminho
hoje teme estar sozinho neste rumar arbitrário

 

amigos, colegas, gentes
foi fazendo e desfazendo no fruto da profissão,
tentando dar o melhor neste difícil saber
onde a justiça premeia o rumo da odisseia
e a quem pede, agarra  a mão…


Nova etapa e futuro vem espalhar-se na estrada
como se fosse alvorada que manobra a marioneta

vamos então agarrá-la, beber da vida o licor


e enquanto o céu nos permite, gozemos com apetite
degustando-lhe o sabor…


26/04/2010
Mavilde Lobo Costa


 

 

 

 


 

publicado por carmemzita às 13:56
editado por appoetas em 30/04/2010 às 23:54

Abril 27 2010
Decreto que se liberte o amor.

Que seja livre e puro.

Isento de sensaboronas

mesquinhices.

Decreto aos girassóis

que espreguicem suas pétalas

só pelo prazer de as espreguiçarem!

Decreto

às rosas rubras e aos brancos cravos

que exalem seu perfume

só pelo prazer do olfacto alheio!

Decreto

aos cardos e às papoulas

que sejam livres

sonoros

só pelo prazer de inverter os tons!

Decreto

que em concreto não há decreto

só pelo prazer

de ter prazer…

 

Edite Gil

(Registado no IGAC)

publicado por Edite Gil às 22:54
editado por appoetas em 01/05/2010 às 00:08
Tags:

Abril 27 2010

A ternura do mundo afogou-se

em meninices ceifadas

por largas lâminas

requintadamente resplandecentes.

Tento conservar a pólvora seca

com paciência de caruncho…

Meus sonhos…

meus sonhos tangíveis…

És

palavras mudas num olhar explícito

carência indigna, de um beijo da alma

tal alvo cisne,

inquiridor de um pobre coração,

num sereno lago de águas tranquilas…

 

Edite Gil

(Registado no IGAC)

publicado por Edite Gil às 22:53
editado por appoetas em 01/05/2010 às 00:07
Tags:

Abril 27 2010
Lobrigo

um longo sortido de cores naturais,

previamente estudadas, para serem naturais.

Há mil caixas de suspiros, em alcofas acolchoadas,

ansiosa e demencial insagacidade!

Espalhafatosa e vociferante de lantejoulas,

de gravatas e de botões de punho

a voz mimosa de falsete, é feita estandarte.

Quase incontidamente me permito não ripostar.

Oh liberalismo

apregoado com ira e soberba desnudado de verdade

sob pedras pára-quedistas de traição.

Questiono os caprichosos ângulos obtusos de norte e sul…

Eu

desejo meramente depilar-me dos emplastros…

 

Edite Gil

(Registado no IGAC)

publicado por Edite Gil às 22:51
editado por appoetas em 01/05/2010 às 00:07
Tags:

Abril 27 2010
Há uns estranhos sons

uns amargos roncos

no leilão dos valores tradicionais!

No cabo e de uma haste metálica,

o florete ostenta orgulhosamente

a lâmina prismática e pontiaguda,

de fio e contra fio

 

cumpridora de seu dever.

O vento sopra com ira

e calca a pilha de versos.

Afinal

os afogados navegam sempre de boca para baixo.

 

Edite Gil

(Registado no IGAC)

publicado por Edite Gil às 22:50
editado por appoetas em 01/05/2010 às 00:06
Tags:

Abril 27 2010

Há galhos, como braços, em oração para o celeste

volvidos, pedindo um pouco de sol.

Oração difusa, incontida, penosa,

e o sol, é mole.

Há violetas pretas

de raízes de renda,

abertas,

fora da terra.

Há um espelho, de bruços no lago.

Há o frio da adaga no meu dorso desnudado,

na noite cor de maçã.

Há um vento lento, de saudades indefinidas.

Na montanha que rompe a floresta

há um silêncio acetinado

que fecunda a luz maga

que fermenta

as horas que vegetam na minha tarde gorda…

Eu,

de subtis núpcias do olhar

quero inflar, enfunar e navegar…

Eu

quero subir à garupa

apertar os freios

e seguir a galope

no meu cavalo de pau.

 

Edite Gil

(Registado no IGAC)

 

publicado por Edite Gil às 22:48
editado por appoetas em 01/05/2010 às 00:06
Tags:

Abril 27 2010

Na manhã molhada

eu só quero

lentamente

muito devagar

encostar os lábios

roçar levemente a língua

e sorver

uma laranja estupidamente doce.

 

Edite Gil

(Registado no IGAC)

publicado por Edite Gil às 22:47
editado por appoetas em 01/05/2010 às 00:05
Tags:

Este blogue está aberto aos co-autores e Poetas Amigos de Maria Ivone Vairinho
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
14
16

20
23

26
29


links
pesquisar
 
Tags

11 poemas inéditos de carlos cardoso luí(1)

25 anos app(11)

ada tavares(18)

adriano augusto da costa filho(39)

albertino galvão(11)

albina dias(18)

alfredo martins guedes(2)

ana luísa jesus(4)

ana patacho(3)

anete ferreira(3)

antónio boavida pinheiro(22)

app(5)

armindo fernandes cardoso(3)

bento tiago laneiro(5)

carlos cardoso luís(13)

carlos moreira da silva(2)

carmo vasconcelos(22)

catarina malanho semedo(2)

cecília rodrigues(48)

cláudia borges(8)

dia da mãe(8)

dia da mulher(9)

dia do pai(6)

donzília martins(8)

edite gil(68)

elisa claro vicêncio(4)

euclides cavaco(100)

feliciana maria reis(4)

fernando ramos(20)

fernando reis costa(3)

filipe papança(11)

frances de azevedo(2)

gabriel gonçalves(14)

glória marreiros(20)

graça patrão(6)

helena paz(15)

isabel gouveia(3)

jenny lopes(11)

joão baptista coelho(1)

joão coelho dos santos(7)

joao francisco da silva(4)

joaquim carvalho(3)

joaquim evónio(9)

joaquim sustelo(70)

judite da conceição higino(4)

landa machado(1)

liliana josué(45)

lina céu(5)

luis da mota filipe(7)

manuel carreira rocha(4)

margarida silva(2)

maria amélia carvalho e almeida(6)

maria clotilde moreira(3)

maria emília azevedo(5)

maria emília venda(6)

maria fatima mendonça(2)

maria francília pinheiro(3)

maria ivone vairinho(14)

maria jacinta pereira(3)

maria joão brito de sousa(69)

maria josé fraqueza(5)

maria lourdes rosa alves(4)

maria luisa afonso(4)

maria vitória afonso(8)

mário matta e silva(20)

mavilde lobo costa(22)

milu alves(6)

natal(16)

odete nazário(1)

paulo brito e abreu(6)

pinhal dias(9)

rui pais(8)

santos zoio(2)

sao tome(10)

susana custódio(15)

tito olívio(17)

vanda paz(23)

virginia branco(13)

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO